segunda-feira, 20 de março de 2017

1º Encontro Regional para a Comunidade Portuguesa e Luso-Venezuelana no Estado Anzoátegui

 

No sábado 12 de Março, mais de 120 pessoas do Estado Anzoátegui  assistiram ao 1º Encontro Regional para a Comunidade Portuguesa e Luso-Venezuelana no Estado Anzoátegui em ocasião do Dia Internacional da mulher/ ONU)

O momento foi propício para que mais de uma centena de presentes debatessem sobre o “Associativismo português na Venezuela” (diferentes Associações e clubes na Venezuela, características dum líder associativo, crise do associativismo e apoios do Estado Português para o Associativismo na Venezuela) na palestra Lic. Fernando Campos, Conselheiro das Comunidades Portuguesas pela área consular oriente; outro painel liderado pelo Dr. Rainer Sousa, Cordenador do Ensino de Português na Venezuela, “A língua portuguesa” (Diferentes Instituições para o ensino do português na Venezuela. Aprender o português no estado Anzoátegui e as suas equivalências académicas em Portugal) e  o último painel “A portugalidade e a cidadania portuguesa no Estado Anzoátegui” (Orgulho de ser português) foi realizado pela  Dra. Maria de Lourdes de Almeida, Presidente da "Associação Mulher Migrante Luso Venezuelana" (MM-VE) e Conselheira das Comunidades Portuguesas.
A Comissão Regional no Estado Anzoátegui da "Mulher Migrante Luso Venezuelana"
tomou posse publicamente entre os presentes e foi juramentada nas suas funções associativas em prol da defesa da mulher portuguesa na Venezuela pela Direção nacional, no salão Bucare do hotel Punta Palma em Anzoátegui.

Também estiveram presentes as autoridades portuguesas através do cônsul Honorario de Portugal 
em Barcelona, Rui Pereira Gomes, o cordenador do ensino do português na Embaixada de Portugal
 na Venezuela, Dr. Rainer Sousa, Meios de comunicação social de caracas Agencia Lusa e do 
Estado Anzoátegui.

O movimento associativo luso- anzoatiguense, fez-se representar pelos órgãos sociais do CENTRO SOCIAL PORTUGUÊS, da fundação nossa Senhora de Fátima e do GRUPO folclórico DANÇAS E CANTARES DE PORTUGAL, liderados pelo seu Presidente RUI PEREIRA GOMES.

A recente Delegada Principal da Comissão Regional em Anzoátegui, RAQUEL GONÇALVES DE FREITAS, constituiu a sua equipa e em coletivo aceitaram o desafio proposto por Milú de Almeida (Presidente nacional e Conselheira das Comunidades Portuguesas).

O Cônsul Honorario de Portugal em Barcelona, Rui Pereira Gomes fez entrega à Associação
 Mulher Migrante Luso-Venezuelana nas mãos da Presidente Milu de Almeida e demais corpos da  
Direção de um livro encadernado que contém 480 formulários de pré-inscrição para o curso de
Português no Estado Anzoátegui, sendo feita uma promessa  pela Associação que nos próximos
 meses  abrirá o curso de Língua e Cultura Portuguesas no Estado Anzoátegui.


A rede “Mulher Migrante” encontra-se presente em 13 países no mundo. A associação luso-venezuelana foi criada em 2012 após o 1º congresso nacional da mulher portuguesa na Venezuela e contou com a presença de Rita Gomes (Presidente da “Mulher Migrante” em Portugal) e de Manuela Aguiar (fundadora da “Mulher Migrante” Internacional e ex-secretária de Estado às comunidades portuguesas).


contacto@mulhermigrante.org.ve
instagram:  mulhermigrantve

Sem comentários:

Publicar um comentário